“As passagens entre séculos costumam ser períodos nebulosos, cheios de expectativas e receios, aspirações e incertezas, que vão, aos poucos, delineando-se mais claramente, à medida que o tempo vai fazendo o seu trabalho e dissipando a bruma. Se, em cada presente, encontram-se vestígios do futuro, cabe lançar no novo olhar sobre aquele início de Terceiro Milênio – particularmente, os turbulentos anos 2010, que consolidariam tendências tão desafiadoras quanto decisivas, hoje sabemos, para os estilos de vida e as visões de mundo prevalentes nas décadas posteriores…” (D. Caldas)

 

Assim começa Vestígios do Futuro: Estilos de vida, consumo e tendências, novo livro de Dario Caldas, editado pelo Observatório de Sinais. Pode-se afirmar que a matéria-prima de Vestígios do Futuro é uma brincadeira com o tempo: o presente sob análise – este início do século XXI – transforma-se em passado pela ótica do analista, posicionado no futuro; por outro lado, tendências e cenários futuros construídos pelo autor são presentificados na narrativa, como fatos consumados. O posicionamento do observador-analista em um tempo vindouro não é gratuito e acentua o efeito de distanciamento em relação ao que hoje é considerado atual, novo, “tendência”. Esse estratagema também confere ao autor uma liberdade maior para realizar seus exercícios de interpretação, que passeiam por diversos aspectos do consumo e dos estilos de vida contemporâneos – moda, design, estética, corpo, alimentação, saúde, educação, mídias e tecnologia, dentre muitos outros.

A análise se desenrola a partir de um objeto, um fato ou um traço característico do nosso tempo, tomados como sinais que permitem reconstruir, em chave crítica, o contexto no qual se inserem. Na fronteira entre a sociologia das tendências, a semiologia e, por vezes, a própria ficção, o livro resulta em um rico panorama dos principais movimentos da atualidade, sem se furtar ao exercício de risco que é perscrutar o futuro, devendo interessar a todos os que buscam um outro olhar sobre o nosso tempo.

 

COMPRAR

Conhece alguém que possa gostar da leitura?

 

 

Palestra

Conhece alguém que possa se interessar pela palestra?

Dario Caldas

Dario Caldas é bacharel em Ciências Sociais e mestre em Comunicações. Fundou e idealizou a metodologia do Observatório de Sinais, escritório de consultoria em inteligência estratégica e estudos de mercado, referência na área de pesquisa e análise de tendências de comportamento, sociedade e consumo, em atividade desde 2002. Atua, também, como palestrante e professor, carreira na qual acumula uma experiência de trinta anos, especialmente em cursos de pós-graduação e educação corporativa. Tem outros quatro livros publicados: Homens (organizador, 1997), Universo da Moda (1999), Observatório de Sinais: Teoria e prática da pesquisa de tendências (2004) e A Reinvenção do Tempo: Aceleração e desaceleração na sociedade e no consumo (2014).