4 SINAIS DE APROFUNDAMENTO DA MACROTENDÊNCIA WELLNESS

4 SINAIS DE APROFUNDAMENTO DA MACROTENDÊNCIA WELLNESS


As tendências em bem-estar se ampliam e o conceito wellness já é sinônimo do espírito do nosso tempo. Confira novos sinais.

 

WELLNESS já pode, sem dúvida, ser considerada como uma das palavras que melhor definem o espírito do nosso tempo. WELLNESS é uma espécie de upgrade para bem-estar. Apesar de ter o mesmo significado que a correspondente em português, a palavra inglesa ajudou a criar um conceito mercadológico, um território que engloba saúde, alimentação, corpo, beleza, turismo e tudo o mais que couber no fortíssimo anseio contemporâneo por qualidade de vida e bem-estar qualitativo – tendências que o Observatório de Sinais vem abordando, sistematicamente, ao menos nos últimos dez anos. Se a história não é nova, quais são os sinais atuais que evidenciam o seu aprofundamento, indicando que vamos continuar ouvindo falar - muito e cada vez mais - de WELLNESS?

 

4 sinais de aprofundamento da macrotendência wellness ODES

Entradinha megalight do evento Goop in Health Summit (leia abaixo). Foto: Emma Feil.

HYPE & CHIC

 

De um lado, trata-se de um verdadeiro hype, no sentido de que “todo mundo” está falando sobre isso (até as mídias mais populares)... De outro, WELLNESS, definitivamente, assumiu ares de “chic contemporâneo” para as camadas antenadas e de alta renda – da Califórnia a São Paulo. Com vetores nos dois sentidos, a força da tendência só faz se acentuar.

Recentemente, em LA, a atriz Gwyneth Paltrow, dona do site-plataforma GOOP, promoveu o primeiro GOOP in Health Summit, um evento WELLNE$$ cravado em saúde e transbordando de bem-estar, das comidinhas light ao martíni com infusão de colágeno servidos ao público – essencialmente, feminino – que pagou U$ 500 para participar.

 

4 sinais de aprofundamento da macrotendência wellness ODES

Gwyneth Paltrow. Foto: Mark Patrick.

Em SP, a IT Brands se uniu ao Shopping Cidade Jardim para promover a primeira WELLNE$$ WEEK da cidade, um festival de bem-estar, moda, alimentação, beleza – e, por que não, coluna social...

4 sinais de aprofundamento da macrotendência wellness ODES

João Diel Lembamuxi, um dos expositores da Wellness Week. Foto: Glamurama.

BEAUT-Y

Eles, de novo... Mais uma vez, os millenials estão na base do boom mercadológico da macrotendência WELLNESS. Para citar um único aspecto do consumo turbinado de bem-estar dos Ys, basta lembrar que eles são os maiores compradores de skin care, além de descritos, frequentemente, como obcecados por self care. E ainda tem quem defenda que analisar comportamentos segmentados por geração seja irrelevante...

4 sinais de aprofundamento da macrotendência wellness ODES

Millenial skin care. Foto: Fashionista.

DETOXMANIA

Nesse contexto, a beleza natural é o próximo boom da cosmética. O espaço para produtos “melhores” só aumenta (é claro que precisa saber o que o consumidor percebe e define como “melhor” – help!, estudos de mercado ODES!). Nos EUA, o primeiro mercado consumidor do mundo, esse segmento cresceu 7% em 2015, contra 2% da cosmética em geral. Já tem consultoria prognosticando o encolhimento do mercado à base de química...

4 sinais de aprofundamento da macrotendência wellness ODES

The Detox Market, nos EUA, é exemplo do novo varejo em beleza natural. Fonte: Fast Company.

TRUE BLOOD

Esqueça os adoráveis vampiros da série homônima. Os produtos e serviços que envolvem sangue de verdade – sinônimo de vida, vitalidade, saúde – estão em franca expansão. As testagens de sangue viraram feijão-com-arroz entre alguns tipos de consumidores, como os praticantes de bio-hacking, como já demos aqui.

4 sinais de aprofundamento da macrotendência wellness ODES

E que tal uma infusão de plasma para dar uma faxinada no corpo? A startup de biotecnologia Ambrosia - um nome pra lá de sugestivo - oferece aos consumidores de mais de 35 anos uma transfusão de plasma de um indivíduo de 16 a 25 anos, prometendo com isso melhorar os indicadores referentes a problemas do coração, câncer e Alzheimer – pela módica quantia de 8 mil dólares por infusão. Ainda faltam provas definitivas de que o experimento, aprovado pelas autoridades americanas, efetivamente funcione, mas o boom WELLNE$$ deve garantir a fila na porta...