Armadilhas interpretativas

Armadilhas interpretativas


[photopress:minidigi_rolleiflex.jpg,thumb,centered]

Um dos destaques da feira internacional PhotoImageBrazil, que acabou ontem em São Paulo, foram as máquinas fotográficas retrôs, totalmente dentro da tendência NÃO-CONTEMPORÂNEO que o ODES lançou no ano passado. Mas é preciso entrender bem o que essa sensibilidade significa, porque senão o conceito se vira contra o design - como em uma das "interpretações" da tendência que a mídia veiculou e que identificava o aspecto retrô com a segurança do usuário diante de um design conhecido...O simplismo se desmonta diante do exemplo da imagem, a MiniDigi da Rolleiflex, que era conhecida, sim, dos nossos pais ou avós, infelizmente já falecidos a essa altura do campeonato. Ao contrário, o território do NÃO-CONTEMPORÂNEO fala de consumo emocional e de cansaço diante de uma categoria arqui-explorada, sobretudo pelo design (o "contemporâneo").

nenhum post

COMMENTS

LEAVE A REPLY

O seu endereço de e-mail não será publicado.