Cultura digital, campo que só tende a crescer

Cultura digital, campo que só tende a crescer


A semana passada foi marcada pelo evento de tecnologia Campus Party , que rolou em São Paulo, com grande repercussão na mídia de todo o país. Desde que o Observatório de Sinais realizou em 2004-2005 para o Sesc-SP a pesquisa Juventude e Cultura Digital, o interesse pelo assunto só fez aumentar - justificadamente, é óbvio. Pensada para alimentar o Sesc-SP com informações estratégicas para orientar políticas na área de cultura digital, a pesquisa contou com um instrumento inovador, uma etnografia virtual, “por dentro”, do MSN, blogs e flogs (fenômenos que viviam seu boom no Brasil). Para quem pensa sobre o assunto e quer conhecer o que rola em pesquisa e ações culturais de ponta, fora do Brasil, indicamos o site do Cube , um centro cultural francês dedicado à cultura digital e a revista Edit , que traz textos interessantes com livre acesso.

[photopress:Campusparty2.jpg,resized,centered]


download

nenhum post

COMMENTS

  1. Fernanda

    fevereiro 18

    fala mais da pesquisa! fiquei super com vontade de saber mais! =)

  2. [...] No último dia 27, o Brasil foi objeto de programação no Cube - a gente ja falou aqui desse centro de pesquisa francês sobre a cultura digital. Foi uma noite dedicada à vídeo arte, organizada por Francesca Azzi, diretora artística do Festivel Fluxus. Quer dar uma olhada em quem foi exibido por lá? [...]

LEAVE A REPLY

O seu endereço de e-mail não será publicado.