Já comentamos, aqui, sobre a tendência geral a anular os intermediários em todos os tipos de negócios e serviços. Mais um sinal nessa direção, e dos mais fortes, é a notícia de que a Amazon está negociando diretamente com os escritores para editar, publicar e vender livros digitais e físicos, sem necessitar mais da intermediação das editoras. Na base dessa tendência, porém, existe uma outra: a grande concentração de poder do Varejo (assim, com “M”), graças ao seu link direto com o consumidor. Fechando o ciclo, a nova situação interessa aos autores, que ganham em auonomia e financeiramente também. A boa e velha “edição do autor” ganha cada vez mais espaço, totalmente turbinada pela cultura digital.

About the Author

Sinais

Plataforma de publicações do Observatório de Sinais (ODES). Insights que captamos e publicamos parta dar luz às suas atividades profissionais e acadêmicas

View All Articles