COMO A FUTURE FOOD ESTÁ REINVENTANDO A COMIDA

COMO A FUTURE FOOD ESTÁ REINVENTANDO A COMIDA


A inovação está criando um novo campo de desenvolvimento de produtos e experiências entre design, engenharia, tecnologia e gastronomia.

Não faz muito tempo, falamos da “esfuziante cultura gastronômica” local, uma característica da atualidade, onde o território food & drink se tornou uma das esferas mais influentes do Zeitgeist. Olhando para o plano global, tem muita coisa excitante acontecendo: da impressão de comida em 3D à busca por alternativas sustentáveis, passando por novas formas de tornar a experiência da comida mais inovadora, responsável ou compreensível ao consumidor com necessidades especiais, como os autistas. Neste post, editamos sinais recentes e especialmente significativos, que apontam para novas direções da alimentação, formando um campo novo: a FUTURE FOOD, na confluência entre design, engenharia, tecnologia e gastronomia. Em comum, tais sinais confirmam que a FUTURE FOOD é um campo estratégico para a inovação, daí o seu interesse crescente para as tendências.

FOOD FOR THOUGHT

Tem publicação nova na área: a revista Mold, a primeira a ter a FUTURE FOOD por objeto específico. O primeiro número sai em junho próximo e o projeto, que está pedindo apoio numa plataforma de crowdfunding, está despertando bastante interesse desde já. Literalmente, comida para pensar!

Future Food reinventa a alimentação ODES

Future Food reinventa a alimentação ODES

HIPERSENSORIAL

Já conhecemos inúmeras propostas para transformar a refeição em uma experiência sensorial turbinada: jantar às cegas, almoço nas alturas (em mesas penduradas por guindastes), refeições temáticas por cores, etc. Mas esse projeto do coletivo artístico Teamlab para um restaurante multissensorial em Ginza, Tóquio, extrapola tudo o que já foi feito. Apenas 8 comensais por refeição são envoltos numa nuvem de estímulos sonoros, visuais, olfativos, táteis e, claro, gustativos. Paredes, objetos e a própria louça do jantar se transformam em tela para projeções em real time. O resultado é sublime!

Future Food reinventa a alimentação ODES

Foto: Teamlab.

Future Food reinventa a alimentação ODES

Foto: Teamlab.

ALI(SEG)MENTAÇÃO

O universo da alimentação continua a se expandir e a encontrar novas - e nem tão novas - estratégias de segmentação para corresponder às necessidades e aos desejos dos consumidores de hoje. Por exemplo, dentro da onda atual de um ponto de vista exclusivamente feminino sobre o mundo, aconteceu no último dia 19/05, em Barcelona, o seminário “Food, Design and Femininity”, organizado pela plataforma Food, Design Collective. Uma jornada de conferências sobre o alimento em sua intersecção com a feminilidade, em que 10 mulheres das áreas de design, gastronomia, educação e cultura trouxeram o seu olhar sobre o tema.

Future Food reinventa a alimentação ODES

Foto: Food, Design Collective.

Já a slow food, que tem mais de 30 anos de existência - e é precursora de todo o campo slow, isto é, o da desaceleração nos estilos de vida - não para de despertar interesse e se ampliar. Prova disso é o recém-lançado Slow, projeto do estúdio Opus B e antítese perfeita dos energy drinks: o milk shake de ervas refrescantes vem no formato de uma ampulheta e precisa de vários minutos para ser servido e apreciado...

Future Food reinventa a alimentação ODES

Foto: Opus B.

FOOD DESIGN

Projetos experimentais têm saído de escolas e academias de design de ponta pelo mundo afora, indicando orientações de desenvolvimento para a indústria, mesmo que num primeiro momento a coisa toda possa parecer ainda distante do cotidiano.

Destacamos o projeto Sous la Vie, do israelense Iftach Gazit: são bolsas de comida que podem ser cozidsa dentro da máquina de lavar, para preparar o jantar ao mesmo tempo que se lava a roupa, explorando a praticidade e a economia de tempo no bojo da inovação.

Future Food reinventa a alimentação ODES

Outro exemplo bacana é o projeto The Future Sausage, de Carolien Neibling, da escola suíça Écal, que investiga alternativas pouco ortodoxas para a carne, como os micróbios. O projeto teve destaque na última Milan Design Week e já foi objeto de um comentário na nossa página do Facebook...

Future Food reinventa a alimentação ODES

Para terminar, como não citar esse incrível projeto recém-saído do Tangible Media Group do MIT, que transforma elementos planos (mais fáceis, portanto, para empacotar) em tridimensionais, por meio da simples adição de água! O vídeo é uma delícia, em todos os sentidos (adoramos os canoli transparentes de caviar...). Bon appétit!