Tendência ‘mini’ faz escola

Tendência ‘mini’ faz escola


[photopress:fiat1_peq.jpg,thumb,alignleft][photopress:fiat2_peq.jpg,thumb,alignleft]
Em 2006, num fórum sobre tendências promovido pela Volkswagen no Salão do Automóvel de São Paulo, o ODES alertou para a então nascente tendência aos carros 'mini', sua força nas metrópoles pela praticidade, junto a um público adulto 'juvenista' ou 'adultescente'. A montadora Fiat - criticada por especialistas em branding por não desenvolver um discurso de marca, mas apenas de produto - investe suas fichas reposicionando o novo Uno dentro da linguagem 'mini', como um produto dirigido ao consumidor emocional, que quer design e vai se identificar com o 'carrinho (quase) de brinquedo', amigável, divertido, personalizável. O material promocional enviado ao consumidor reflete esses conceitos sob diversos aspectos, como as cores utilizadas e a caixinha que se arma sozinha, ao ser retirada do envelope.

Compartilhar

nenhum post

COMMENTS

LEAVE A REPLY

O seu endereço de e-mail não será publicado.